Cola de sapateiro

Conhecida por sua polêmica de viciar as pessoas, essa cola é considerada uma cola inalante. Segundo pesquisas realizadas, essa cola é uma das drogas mais consumidas em nosso país, ocupando o 4º lugar de droga mais consumida, perdendo apenas para o álcool, maconha e tabaco. 

A cola de sapateiro possui diversas substâncias, incluindo o tolueno e o n-Hexano, que propicia sensações de excitação, alucinações visuais e auditivas, sendo acompanhadas por náuseas, salivação, tosse, tontura e fotofobia. 

Esses efeitos são rápidos, portanto, levam os usuários a inalar a cola cada vez mais. O uso constante dessa cola pode resultar em confusão mental, falta de memória, visão dupla, alucinações, paralisia, lesões pulmonares, lesões hepáticas e cardíacas, perda de autocontrole, irritação das mucosas, morte súbita, inconsciência, dentre outros problemas.

Diante desses fatos, a cola de sapateiro teve sua venda proibida para menores de 18 anos. Essa cola é facilmente encontrada e seu valor é muito abaixo, por isso, conta com grande uso entre o público em geral.

Porém, muitos sapateiros dependem dessa cola para trabalhar. Por isso, precisam se precaver para não inalar a cola e acabar desenvolvendo uma dependência. Veja agora mais um pouco sobre essa cola!

O que é a cola de sapateiro

Também conhecida como cola de contato, a cola de sapateiro é desenvolvida à base de solventes orgânicos, na maioria das vezes inflamáveis, a cola de sapateiro pode ser facilmente encontrada em baixo custo, já que é uma cola barata.  

A cola de sapateiro é uma cola adesiva que se fixa, prepara e veda superfícies como lona, vinil, couro, poliéster reforçado, espuma, têxteis e diversos tipos de borracha. Como essa cola foi desenvolvida para ficar em constante flexão, essa cola é resistente a impactos, temperaturas muito quentes, vibrações, umidade e fica invisível depois de seca. 

Instruções de uso:

  • Antes de passar a primeira camada de cola, limpe muito bem a superfície para que você consiga uma melhor fixação da cola;
  • Aplique uma camada fina de cola, aguarde o tempo de pausa indicado (entre 20 e 35 minutos);
  • Para ter um melhor resultado aplique a cola nas duas superfícies a serem unidas. 

Cuidados a serem tomados com o uso dessa cola:

  • Lave as mãos após usar a cola;
  • Mantenha longe do alcance das crianças;
  • Evite ao máximo inalar esse produto, para você não fique dependente e desenvolva alguns dos enfermos listados acima;
  • Utilize essa cola somente em locais com boa ventilação;
  • Use equipamentos de proteção para garantir maior segurança, como luvas, máscaras e óculos;
  • Não consuma nenhum tipo de bebida ou alimento enquanto esteja fazendo o manuseio da cola;
  • Busque por informações sobre essa cola e sua marca;
  • Não fume enquanto manuseia a cola.

Muitas pessoas ainda preferem colar algumas superfícies com velcro adesivo, já que a cola de sapateiro pode ser um pouco arriscada para algumas pessoas. O velcro adesivo é muito usado por artesãos e outros profissionais que dependem do uso de colas adesivas. Essa é uma excelente opção para colar superfícies sem inalar o cheiro tóxico das colas! 

Espero que tenha gostado deste artigo!


Terapia de Casal
Psicólogo Copacabana
Psicólogo Infantil
Pesquisa de Preços de Informática